Conheça o novo Saeb: Sistema de Avaliação da Educação Básica

A educação brasileira conta com alguns programas responsáveis por garantir e avaliar o seu funcionamento. Um destes programas é o Saeb, que está vindo com uma nova perspectiva para a avaliação da educação básica.

O que é o Saeb?

A educação básica é uma das etapas mais importantes na formação do cidadão e garantir que todos os processos desta etapa sejam cumpridos corretamente depende de muitos órgãos públicos como o Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Para que essas avaliações ocorram, o Inep, que atua em concordância com o Ministério da Educação (MEC), necessita que programas o Saeb atuem.

A sigla é referente Sistema de Avaliação da Educação Básica e representa um coletivo de avaliação externa, objetivando um diagnóstico geral sobre a educação básica no país. O sistema de avaliação é responsável também por identificar possíveis interferências no desempenho dos estudantes.

Qual a diferença entre Saeb e o Enem?

Como o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) também é um sistema de avaliação da educação básica, pode ser confundido com o Saeb, mas vale ressaltar que existem diferenças básicas sobre estes dois projetos.

Inicialmente, o Enem era um programa de avaliação da educação básica, entretanto, passou a ser o sistema padrão de distribuição de bolsas no ensino superior e por isso, quem quer ingressar nas universidades precisa participar do ENEM 2021.

Outra diferença é que o Saeb não exige a inscrição dos estudantes para participar do processo avaliativo, como ocorre na Inscrição ENEM 2022. O exame é aplicado pelos órgãos responsáveis em instituições de ensino.

O que há de novo sobre o Saeb?

Para que se torne mais funcional e possa oferecer dados mais precisos para o Inep, o Saeb passará por algumas modificações importantes. Essas modificações foram pensadas para que os objetivos estabelecidos pelo projeto, pelo Inep e pelo MEC possam ser efetivamente cumpridos.

Uma delas é a expansão da avaliação. Grande parte dos sistemas avaliativos considera apenas matérias como português e matemática, mas a ideia é que o Saeb possa estar testando todas as áreas de conhecimento vistas na educação básica.

Além disso, espera-se que todos os anos escolares possam passar pelas avaliações e não somente anos específicos como o ensino médio. Por último, o projeto do Saeb quer estabelecer um acontecimento anual para este conjunto de exames, garantindo que as instituições de ensino estejam sendo acompanhadas e assistidas todos os anos.

A educação brasileira conta com alguns programas responsáveis por garantir e avaliar o seu funcionamento. Um destes programas é o Saeb, que está vindo com uma nova perspectiva para a avaliação da educação básica. O que é o Saeb? A educação básica é uma das etapas mais importantes na formação do cidadão e garantir que todos os pr…

Como saber se você está cadastrado no PIS/PASEP?

O PIS/PASEP é um benefício muito importante para o trabalhador brasileiro, e proporciona, por exemplo, o saque do abono salarial. Mas para ter direito a este recurso, é necessário estar devidamente cadastrado no sistema. Quem não tem certeza sobre a sua situação com este benefício, não pode deixar de conferir o texto a seguir para se você está em situação regular com o PIS/PASEP.

O que é o PIS/PASEP?

Quem exerce suas funções para uma empresa com a carteira de trabalho assinada, fica assegurado por diversos benefícios muito importantes. Um deles é o PIS/PASEP. Este recurso permite o pagamento de até um salário mínimo para os contribuintes que tem direito ao saque.

Mas vale lembrar que eles são diferentes. O PASEP é direcionado aos funcionários da rede pública, enquanto o PIS é destinado ao trabalhador da rede privada.

Por isso, mesmo estes benefícios tendo o mesmo propósito, os lotes de pagamento e as datas poderão ocorrer em momentos diferentes. Quem vai receber pela rede privada, deve ficar atento ao calendário PIS.

Quem tem direito?

Apesar do PIS/PASEP ser direito de todos os trabalhadores, para poder realizar o saque disponível é necessário cumprir alguns requisitos. Verifique abaixo o que é necessário e se você se enquadra no perfil de quem pode receber o valor:

  • É necessário estar com os dados atualizados e devidamente cadastrado pelo empregador nas Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ;
  • É preciso que o trabalhador esteja cadastrado no PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos;
  • Também é necessário que o contribuinte tenha trabalhado mediante remuneração por pelo menos 3 dias, consecutivos ou não, no ano base.
  • Está de acordo com os requisitos do PIS/PASEP? Fique atento à divulgação dos lotes e as datas de pagamento. Informe-se com o órgão responsável por sua região.

Como saber se estou cadastrado?

O Cadastro PIS deve ser realizado pelo empregador, e devido a isto,muitos funcionários não sabem da sua situação e de seus direitos. Mas é possível verificar se você tem cadastro no PIS de uma forma muito simples.

A empresa pode cadastrar o número de sua carteira de trabalho, do NIS ou do comprovante do cadastramento. Também pode ser utilizado o número do Cartão Cidadão.

Através destes números você pode conferir o seu cadastro, seu saque disponível, entre outros recursos. Quem não dispõe da documentação, deve se dirigir a uma unidade da Caixa Econômica Federal para tirar a segunda via do comprovante de cadastramento.

O PIS/PASEP é um benefício muito importante para o trabalhador brasileiro, e proporciona, por exemplo, o saque do abono salarial. Mas para ter direito a este recurso, é necessário estar devidamente cadastrado no sistema. Quem não tem certeza sobre a sua situação com este benefício, não pode deixar de conferir o texto a seguir para se você…

Tabela INSS ATUALIZADA

Todo cidadão brasileiro que trabalha com carteira assinada tem um desconto no seu salário referente a contribuição do INSS. A tabela INSS 2022 pode ser consultada para saber com exatidão a porcentagem de desconto que será aplicada no salário. Neste artigo, você saberá mais informações sobre a tabela INSS 2022!

O INSS ou Instituto Nacional do Seguro Social é o órgão responsável pelo pagamento de aposentadorias ao trabalhador assalariado com carteira assinada que contribui para o INSS – lembrando que isso não inclui os servidores públicos.

A tabela do INSS serve para que todos os trabalhadores que contribuem com a Previdência possam consultar qual o valor do desconto que será aplicado no salário que recebem.

Neste artigo de hoje você saberá mais sobre essa tabela e como consultá-la. Continue acompanhando!

Vantagens de contribuir com o INSS

A principal vantagem de contribuir com o INSS é poder receber um benefício mensalmente assim que se aposentar. Outra vantagem é poder receber o auxílio doença quando o trabalhador fica afastado do seu trabalho por motivo de doença.

O que a Previdência Social garante?

  • Aposentadoria concedida por tempo de contribuição feita;
  • Aposentadoria concedida por idade e invalidez;
  • Salário maternidade;
  • 13º salário;
  • Auxílio-doença;
  • Salário família;
  • Auxílio-acidente;
  • Pensão por morte;
  • Reabilitação profissional.

O desconto feito no salário pode variar de 5 à 20%. Consultar a tabela INSS 2022 é muito importante para saber com exatidão de quanto será esse desconto!

Tabela INSS 2022 atualizada

A tabela INSS 2022 varia de acordo com cada categoria existente de contribuintes. Inclusive, os valores também mudam de acordo com as alíquotas.

Até o momento de elaboração deste artigo, a tabela para 2022 ainda não tinha sido elaborada, mas você poderá conferir a tabela de 2017. Veja e entenda como funciona essa espécie de imposto:

Tabela para empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso

➜ Entenda as categorias:

  • Empregado: Nesta categoria estão todos os trabalhadores de carteira assinada, diretores-presidentes, trabalhadores com contrato temporário. Trabalhadores que prestam serviço a órgãos públicos como ministros, cargos de comissão e secretários em geral. Trabalhadores de empresas nacionais que funcionem do exterior, multinacionais que funcionam no país, missões diplomáticas ou organismos internacionais;
  • Empregado Doméstico: Esta categoria engloba todos os cidadãos que trabalham em casas domésticas como prestadores de serviços e que não gerem lucros para seus empregadores;
  • Trabalhador Avulso: Nesta categoria estão os trabalhadores prestadores de serviços que sejam contratados por sindicatos e órgãos gestores de mão de obra.

No caso do trabalhador que atua no exterior e faz a contribuição no Brasil, é necessário fazer o Prova de Vida INSS 2022.

Tabela para contribuinte individual e facultativo

Atenção: O contribuinte individual é aquele cidadão que trabalha por conta própria, mas que não tem nenhum vínculo empregatício ou como autônomo!

Consulta da Tabela INSS 2022

Se você preferir, poderá consultar informações sobre a Tabela INSS 2022 diretamente no site oficial do INSS. Confira o passo a passo abaixo:

Passo 1

Acesse o site do INSS clicando aqui;

Passo 2

Clique na opção “Calcule sua contribuição”;

Passo 3

Clique na opção “Novos valores de contribuição para o ano de 2017” e confira a tabela;

Todo cidadão brasileiro que trabalha com carteira assinada tem um desconto no seu salário referente a contribuição do INSS. A tabela INSS 2022 pode ser consultada para saber com exatidão a porcentagem de desconto que será aplicada no salário. Neste artigo, você saberá mais informações sobre a tabela INSS 2022! O INSS ou …

Imposto de Renda 2022 prazo de entrega da declaração

A declaração de imposto de renda é algo bem tradicional na vida das pessoas, segundo a receita federal os indivíduos obrigados a declararem importo de renda são as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 22.487,25 no ano passado.

No entanto além destes aqueles que receberam rendimentos insetos, ou seja, não tributáveis ou tributados sendo que a soma desse valor tenha sido superior a 40 mil reais neste ano também deverão fazer a declaração do imposto de renda 2022.

Ainda, aqueles que tiveram em qualquer mês do ano de 2017, ganho capital de capital de bens ou direitos sujeitos a incidência de importo ou realizou qualquer tipo de operação em bolsa de valores, mercadorias de futuros e assemelhadas também devem declarar o imposto de renda, aqueles que tiveram posse ou propriedades de bens ou direitos de terra de valor superior a R$ 300 mil, também estão na lista daqueles que devem declarar o imposto de renda, também aqueles que afirmaram sua condição de residente do Brasil e os que tiveram vendas de imóveis consideráveis.

Lembrando que a correria para providenciar esta declaração já começou, a grande maioria das pessoas sempre acaba deixando tudo para a última hora mais vale lembrar que os riscos de algo dar errado são muito grandes. O prazo para que a declaração do imposto de renda seja feita começou dia primeiro (1º) de março e irão até o dia vinte e nove (29) de abril, aqueles que por alguma eventualidade perderem o prazo terão de pagar uma multa equivalente a R$ 165,74, por isso fique atento.

Ocorreram algumas mudanças no sistema da declaração do IRPF 2022 sendo que desde 2011 não são mais aceitas as declarações feitas através de formulários de papel, muito pelo contrário só serão aceitas em disquete ou então através da internet. Caso você não possua condições para fazê-la de tal forma procure um contador de sua confiança que peça ajuda a ele, para que desta forma você possa de fato se manter a limpo com a justiça no tempo apropriado, não se esqueça esse ato é obrigatório.

A declaração de imposto de renda é algo bem tradicional na vida das pessoas, segundo a receita federal os indivíduos obrigados a declararem importo de renda são as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 22.487,25 no ano passado. No entanto além destes aqueles que receberam rendimentos insetos, ou seja, não…

Resultado Bolsa Família 2022: Cadastro APROVADO!

Já se cadastrou no programa e quer saber o resultado Bolsa Família 2022? É muito fácil conferir o resultado Bolsa Família 2022. Através do cadastro no programa, você confere tudo sobre o seu benefício e muitas outras informações sobre essa iniciativa do Governo.

Esse cadastro possibilita que famílias brasileiras tenham acesso aos recursos básicos de alimentação e educação para eles e para seus filhos em idade escolar.

Bolsa Família 2022

É muito triste a realidade do nosso país em pleno século 21, onde famílias inteiras estão em escassez de recursos que são desperdiçados em outras partes do Brasil. De acordo com estatísticas, a cada piscar de olhos uma criança morre de fome no mundo.

Para possibilitar o acesso a alguns desses recursos, ao menos aqui, foi criado o programa Bolsa Família 2022. Quem tem direito a esse benefício? Abaixo, estão listados os principais deles, segundo a Caixa Econômica Federal:

  • Benefício Básico: Para as famílias que estão em situação considerada de extrema pobreza, onde a renda mensal por pessoa é de até: R$ 89,00.
  • Benefício Variável: Para as famílias que vivem em condições consideradas de extrema pobreza ou pobreza, onde podem ter mulheres grávidas, mães que estão amamentando ou filhos de idade entre 0 a 15 anos.
  • Benefício Variável de 0 a 15 anos: Para as famílias que tenham filhos de 0 a 15 anos.
  • Benefício Variável à Gestante: A mãe que ainda está gestante tem o direito de receber até 9 parcelas desse benefício a contar da data do primeiro pagamento.
  • Benefício Variável Nutriz: Para famílias com filhos de 0 a 6 meses de idade. Esse benefício pode ser pago em até 06 parcelas mensais. Para receber esse benefício, a criança deve estar inscrita no Cadastro Único até o sexto mês de vida.
  • Benefício Variável Jovem: Para famílias com filhos adolescentes, na idade entre 16 e 17 anos.
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: Para famílias em situações de carência quase primitiva, onde é considera extrema pobreza.

Ao se cadastrar no programa, a família pode ser beneficiada com um dinheiro mensal para sanar aspectos básicos do dia a dia. Já se cadastrou e gostaria de saber o resultado Bolsa Família 2022? Acompanhe o próximo tópico.

Resultado Bolsa Família 2022

Se você está lendo essa matéria é porque já se cadastrou no programa e apresentou todos os documentos que a assistência social pediu, certo? Agora, é necessário aguardar pelo resultado Bolsa Família 2022 através de uma carta do programa.

Essa carta informa qual é o valor que a família foi contemplada mensalmente, qual será a data do primeiro depósito e também o seu Número de Inscrição Social (NIS). Esse número diferencia os beneficiários de cada família aprovada no Bolsa Família. Após a inscrição, a carta chega até o endereço que foi informado no ato da inscrição após trinta dias.

É importante esse tempo, pois as assistentes sociais precisam averiguar se todas as informações constantes nos formulários preenchidos são verdadeiras e se a carência procede. Se você não receber nenhuma carta, é porque talvez seu cadastro Bolsa Família não foi aprovado.

Depois que seu cadastro for efetivado, você poderá emitir o seu Cartão Bolsa Família 2022.

Contato Bolsa Família 2022

Se você não recebeu a carta pode ser que ocorreu algum erro de correspondência, não significa necessariamente que o resultado Bolsa Família 2022 negativou.

Para saber se algo de errado aconteceu ou entender melhor como funciona o resultado, entre em contato a Caixa Econômica pelo telefone:

  • 0800 726 0207

Ou diretamente em algum posto Bolsa Família da sua região. Se houver alguma atualização sobre o resultado Bolsa Família 2022, avisaremos em breve.

Já se cadastrou no programa e quer saber o resultado Bolsa Família 2022? É muito fácil conferir o resultado Bolsa Família 2022. Através do cadastro no programa, você confere tudo sobre o seu benefício e muitas outras informações sobre essa iniciativa do Governo. Esse cadastro possibilita que famílias brasileiras tenham acesso aos recu…

Qual o momento certo de trocar de carro?

Há quem simplesmente sinta vontade e vá a uma concessionária mudar de carro. Outros apenas veem um novo modelo de seu veículo preferido e mudam. Trocar de carro é possível a qualquer momento para quem pode pagar, mas pode ser algo a ser feito com mais cautela. Escolhendo o momento certo para a troca economiza-se em diversos fatores e pode-se aproveitar uma melhor oportunidade.

Car being towed

Por que não manter muito tempo um carro?

Poucos hoje mantém o mesmo veículo na garagem por muitos anos através do licenciamento digital 2022. O apego sentimental deixou de ser importante quando se trata de ser dono de um carro. Um dos principais motivos é o preço: quanto mais anos de vida possui um veículo mais barato ele fica.

A desvalorização no mercado de automóveis é uma das mais rápidas. É possível vender uma roupa usada poucas vezes por menos R$ 50 do seu valor original, mas com o carro não. Já saindo da loja ele deixa de ser 0 km e começa a valer 10% a menos. Com mais de um ano 30% do valor original é daquele carro o qual você removeu os plásticos dos bancos e pneu.

Manter um veículo novo na garagem por muitos anos não vale a pena no mercado. Sendo comprado 0 km ou não é mais vantagem passar adiante.

O momento certo de vender um 0 KM

Os fãs de modelos de carros do ano que adquirem sempre 0 km devem escolher o momento certo para vender perdendo menos. E qual seria este tal momento? Antes da primeira revisão.

A primeira revisão deve acontecer sempre entre os 50 e 60 km rodados. É a mais cara, quando deve-se trocar correia dentada, pneus e amortecedores. Se a ideia é economizar em gastos pode colocar para venda.

Com menos de 60 mil km rodados o veículo está em ótimo uso e com bom valor no mercado. Para quem compra ele arca com baixos custos e aproveitar o bom olhar do mercado por ser um carro semi novo.

É após os 50 km rodados que as chances das peças começarem a quebrar são maiores. Os mecânicos dizem que é quando “começa a dor de cabeça”. Então trocar por um novo (em especial para quem não entende nada de carros) é o período ideal.

O momento certo de vender um carro comprado já usado

Com os carros usados é importante manter a ideia de que acima de 200 km rodados ele vale muito pouco. Quanto mais rodar mais chances de perder dinheiro em uma revenda. E com quilometragem alta os problemas são constantes.

O ideal é vender quando o motor ainda está com o máximo das peças originais. É quando as concessionárias pagam mais se a ideia for dar o veículo como entrada. Não importa o estado da pintura e lataria desde que o motor esteja em ótimo estágio de conservação.

Os compradores particulares observam mais detalhes de pintura e lataria. Vale a pena levar o carro para a oficina para um ‘martelinho de ouro’ e pintura nova se for muito danifica em acidentes e ação do sol e do tempo.

Há quem simplesmente sinta vontade e vá a uma concessionária mudar de carro. Outros apenas veem um novo modelo de seu veículo preferido e mudam. Trocar de carro é possível a qualquer momento para quem pode pagar, mas pode ser algo a ser feito com mais cautela. Escolhendo o momento certo para a troca economiza-se em diversos fatores e pode-se …

Caixa passa a pagar benefícios sociais por meio da conta poupança digital

A vida digital vem ganhando força e facilitando transações e com isso a vida de muita gente. Resolver pagamentos e procedimentos financeiros apenas com um clique e na palma das mãos é um incrível avanço na tecnologia e que vem conquistando cada vez mais pessoas.

Devido ao grande número de usuários de aplicativos de transações e a percepção de seus benefícios e facilidades órgão públicos começam a adequar seus sistemas a eles para assim facilitar procedimentos e viabilizar atividades como a visualização do calendário de pagamento do Bolsa Família em 2022.

Entenda como fazer o Cadastro Bolsa Família 2022.

Inovação caixa econômica

Diante do momento que vivemos a criação e utilização de aplicativos para cada vez mais praticas do dia a dia vem ganhando força e instituições públicas vem se adequando a esse momento atualizando seus procedimentos como é o caso da Caixa Econômica Federal.

A caixa começa a lançar seus pagamentos de benefícios através da conta poupança digital por meio do aplicativo caixa tem. Essa ação vem para facilitar a vida de muitas pessoas, principalmente para quem não tem uma conta na caixa econômica. Trabalhadores de carteira assinada que são clientes de outros bancos poderão começar a receber o abono salarial sem a necessidade de comparecer a agência, a própria caixa depositar o benefício na conta poupança social onde os beneficiários só precisarão fazer o cadastro e começar a usar o aplicativo podendo depois transferir o valor para seus respectivos bancos.

Como surgiu a conta poupança digital?

No ano de 2020 a utilização da conta poupança digital ganhou força principalmente devido ao Auxílio Emergencial concedido pelo governo federal. A partir daí a utilização da plataforma para pagamentos pela poupança digital foi autorizada por lei e sancionada no fim de outubro, possibilitando assim o pagamento de diversos benefícios sociais e trabalhistas por meio digital.

As contas são abertas de forma gratuitamente e não tem a necessidade da apresentação de nenhum documento. Os trabalhadores e beneficiários são capazes de movimentar o dinheiro pelo próprio aplicativo, pagando boletos, contas domésticas e fazer compras em estabelecimentos parceiros ao programa do caixa tem. Através do aplicativo também é possível fazer até três transferências de forma gratuita para qualquer conta bancária desejada.

Essa inovação de pagamento surgiu para facilitar a vida de muitos trabalhadores e beneficiários que perderam a necessidade de comparecer a caixa econômica federal podendo resolver todas as suas questões em casa, tudo isso graças a tecnologia que avança a passos largos ajudando milhões de pessoas e com inúmeras áreas de atuação.

A vida digital vem ganhando força e facilitando transações e com isso a vida de muita gente. Resolver pagamentos e procedimentos financeiros apenas com um clique e na palma das mãos é um incrível avanço na tecnologia e que vem conquistando cada vez mais pessoas. Devido ao grande número de usuários de aplicativos de transações e a perc…

Embora atinja muitos brasileiros, valor do PIS não é de conhecimento de todos

Embora atinja muitos brasileiros, o valor do PIS 2021 não é de conhecimento de todos. Além disso, o seu funcionamento, informações principais e exigências, também geram muitas dúvidas. Vale lembrar que o valor do PIS 2021 não é acumulativo, isso significa que se o trabalhador deixar de sacar alguma cota, o dinheiro não será unido ao da próxima parcela.

O que é o PIS?

O Programa de Integração Social (PIS), foi criado a partir de uma lei federal em 1970. A princípio o objetivo era o de criar um fundo similar ao FGTS, que serviria como uma forma de poupar e render o dinheiro do trabalhador da rede de iniciativa privada.

No entanto, esse sistema foi modificado e passou a fazer o pagamento anualmente. O processo também é conhecido como abono salarial, e depende principalmente da empresa em que o funcionário está empregado.

O Ministério do Trabalho e a Caixa Econômica Federal são os órgãos responsáveis por administrar esse fundo. O pagamento do PIS é feito em uma sequência de lotes, seguindo a data de nascimento do trabalhador.

Quem tem direito ao PIS 2021?

O valor do PIS 2021 se difere dependendo de cada trabalhador. Para isso, o próprio beneficiado precisa verificar qual o seu atual saldo referente ao fundo.

Podem haver complicações no cadastro dos funcionários que têm o direito ao PIS. Isso pode ser resultado de erros por parte da empresa, caso isso aconteça o indicado é procurar o setor administrativo e de Recursos Humanos (RH).

Valor PIS 2021

Para que seja definido o valor PIS 2021, são levados em consideração o valor do salário do trabalhador e o tempo de serviço exercido na empresa.

Por tanto, o valor não é pré-estabelecido para todos os beneficiados. E segue um cálculo previsto em lei:

Número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.

Saque PIS 2021

O recebimento do valor PIS 2021 é feito conforme o mês de aniversário do beneficiado. Para isso, é preciso portar um cartão da Caixa Econômica Federal, seja de conta corrente ou o Cartão Cidadão. Em seguida, seguir a tabela PIS 2021 para a efetuação do saque PIS 2021.

  • Nascidos em Julho: recebem a partir de 26/07/2018;
  • Nascidos em Agosto: recebem a partir de 16/08/2018;
  • Nascidos em Setembro: recebem a partir de 13/09/2018;
  • Nascidos em Outubro: recebem a partir de 18/10/2018;
  • Nascidos em Novembro: recebem a partir de 20/11/2018;
  • Nascidos em Dezembro: recebem a partir de 13/12/2018;
  • Nascidos em Janeiro e Fevereiro: recebem a partir de 17/01/2021;
  • Nascidos em Março e Abril: recebem a partir de 21/02/2021;
  • Nascidos em Maio e Junho: recebem a partir de 14/03/2021.
  • Todos os trabalhadores têm data limite para recebimento até: 28 de junho de 2021.

Consulta PIS 2021

A consulta PIS 2021 permite que seja identificada as datas de pagamento, quais são os recebimentos futuros e passados. Quer dizer, é um extrato PIS 2021. Esse processo pode ser feito via central de atendimento telefônico da Caixa, no caixa eletrônico ou na internet. Veja:

  • Acesse o site da Caixa Benefícios e na opção ‘Benefícios e Programas’, selecione ‘PIS’;
  • Clique na opção ‘Consultar pagamento’;
  • Insira número do NIS/PIS e senha de internet, a senha deve ser criada no banco.
Embora atinja muitos brasileiros, o valor do PIS 2021 não é de conhecimento de todos. Além disso, o seu funcionamento, informações principais e exigências, também geram muitas dúvidas. Vale lembrar que o valor do PIS 2021 não é acumulativo, isso significa que se o trabalhador deixar de sacar alguma cota, o dinheiro não será unido ao da …

Câmara cria comissão para analisar novo seguro obrigatório

Detran RS – Se você possui algum veículo automotor que circule por vias terrestres no estado de Rio Grande do Sul, deverá ficar sempre atento aos impostos e serviços que devem ser pagos para poder estar circulando com seu carro ou moto de forma regular. Portanto quem é motorista habilitado já deve ter conhecimento a respeito do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA RS) e do seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT RS).

Para quem não sabe o Detran Rio Grande do Sul Departamento Estadual de Trânsito, e o órgão do estado de Rio Grande do Sul tem investido muito no seu atendimento eletrônico e nos servidores públicos visando sempre facilitar a vida de todos os cidadãos que utilizam os seus serviços. O mesmo é responsável pelo IPVA, Seguro Obrigatório e Licenciamento do veículo.

Hoje é o usuário consegue resolver todos os tipos de problemas relacionados ao seu veículo acessando esta plataforma online, e isto é possível pelo fato de a mesma disponibilizar recursos que ajudam nas pendências do seu dia a dia.

IPVA RS

O Imposto sobre Propriedade de Veículos automotores, mais conhecido pela sigla IPVA do estado de Rio Grande do Sul é cobrado para todos aqueles que são pessoas físicas ou jurídicas e possuem carro ou moto circulando pelas ruas do estado. Fique sempre atento ao calendário de pagamento do seu imposto para que nenhuma dívida fique pendente.

Caso você pague o seu IPVA RS fora do prazo de vencimento, o motorista estará sujeito a penalidades como multas aplicadas pelo Detran Rio. Grande do Sul, e em ocorrência de casos mais graves, o veículo pode ser até mesmo apreendido.

Acesse: www.detran.rs.gov.br.

Detran RS – Se você possui algum veículo automotor que circule por vias terrestres no estado de Rio Grande do Sul, deverá ficar sempre atento aos impostos e serviços que devem ser pagos para poder estar circulando com seu carro ou moto de forma regular. Portanto quem é motorista habilitado já deve ter conhecimento a respeito do Imposto sobr…

5 dicas para fugir do fantasma do Seguro desemprego

O medo do fantasma do desemprego atingiu nível recorde no país. Um estudo divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que o receio do brasileiro de ser demitido foi para 108,5 pontos em junho. O indicador quem tem uma média histórica de 89 pontos, não tinha números tão altos desde maio de 1999, época que marcou a crise de desvalorização do real.

E esse receio não é à toa. Nos últimos doze meses, o Brasil perdeu 1.781.906 empregos com carteira de trabalho assinada, o que corresponde a uma retração de 4,34% do contingente trabalhadores formais. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

5 dicas para fugir do fantasma do desemprego

Para não ser mais um número nessas estatísticas nada animadoras, é preciso mostrar-se disponível e, às vezes, fazer algumas concessões para tentar manter o seu emprego. Embora não haja fórmula pronta, o CEO da Emprego Ligado, Jacob Rosenbloom, dá algumas dicas que podem livrá-lo do fantasma do seguro desemprego 2020. Confira:

  • Tenha paciência: o momento é difícil e cortes no orçamento são muito mais possíveis que aumentos e bônus. Por isso, repense antes de solicitar aquele acréscimo no salário. Lembre-se que trata-se de uma fase e que, mais cedo ou mais tarde, vai passar.
  • Especialize-se: é sempre bom estar em constante reciclagem de conhecimento, afinal, ele nunca é demais. Faça uma especialização, aprenda uma nova língua, mostre para o seu chefe o quanto você deseja crescer e quanto mantê-lo na equipe é uma atitude correta.
  • Seja proativo, mas não abuse da individualidade: mostrar proatividade e interesse é importante, mas também é preciso reconhecer suas limitações. Então, não tema em pedir ajuda a um colega e estimular o espírito de coletividade. Em épocas de crise, é fundamental que todos permaneçam unidos.
  • Exerça habilidades importantes: Rosenbloom elenca a assiduidade, a criatividade e a compreensão como três das características mais importantes para se estimular e desenvolver em períodos de incertezas.
  • Certifique-se que a empresa é onde deseja trabalhar: todos esses esforços podem ser em vão caso você não goste muito do seu ambiente de trabalho. O CEO da Emprego Ligado defende que é preciso ter certeza de que o seu emprego o satisfaça.

Ainda assim, mesmo com essas dicas, é possível que você não espante o fantasma do desemprego, afinal, não depende só da sua vontade. Por isso, é importante ir se preparando financeiramente para uma eventual demissão.

O medo do fantasma do desemprego atingiu nível recorde no país. Um estudo divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que o receio do brasileiro de ser demitido foi para 108,5 pontos em junho. O indicador quem tem uma média histórica de 89 pontos, não tinha números tão altos desde maio de 1999, época que marcou a cris…